Programação especial de férias no Sabina tem início

Público poderá conferir alimentação de pinguins, oficinas, Jardim Sensorial, cidade em miniatura, entre diversas outras atrações

A Sabina Escola Parque do Conhecimento deu início na terça-feira (2) à programação especial de férias, recheada de atividades para crianças e adultos. Após ter ficado em recesso entre 20 de dezembro de 1º de janeiro, o espaço retomou as atividades com muitas atrações, como a alimentação de pinguins, oficinas, sessão inédita no planetário, entre outras novidades.

Todos os dias, às 11h e às 15h30, o público poderá conferir a alimentação dos pinguins que moram no pinguinário. O tanque de água salgada conta com sistema de filtragem apropriado para a manutenção da qualidade da água e seus parâmetros físico-químicos, necessários para a saúde dos animais, bem como para a boa visualização pelos visitantes. O local tem cenografia, que simula o ambiente natural da Patagônia, local de origem dos pinguins, visando a criação de um ambiente educativo e saudável para os animais.

Quem tiver interesse em participar das oficinas, terá diversas opções, como origami, cinema palito e anamorfose – experimento que forma imagens por meio de distorção. Também é possível participar das oficinas Astrokids do Planetário e aprender a fazer objetos relacionados à astronomia e astronáutica. As oficinas são realizadas de terça-feira a sexta-feira, sempre às 10h. Também às 10h, os telescópios do NOC (Núcleo de Observação do Céu) são instalados na parte externa da Sabina para a observação do sol.

Entre as atrações da programação de férias da Sabina estão as “experiências Pop-up” que, assim como os dispositivos da internet, aparecem do nada. Mas em vez de propaganda, elas trazem surpresas científicas, com nomes que dão pistas do que se trata, como “Gelo com Sal”, “Espuma colorida”, “A Vela que Levanta a Água”, “Cartolina grudenta”, “Extração de DNA” e “o PH do Repolho”. As atrações estão disponíveis sempre das 10h às 14h.

Além disso, crianças e adultos vão poder aproveitar o Espaço Vivencial de Mobilidade, em que, por meio de um passeio pela mini-cidade de Santo André, as crianças aprendem leis de trânsito. Além de todo o acervo da Sabina, como a réplica em tamanho natural do esqueleto de um Tyranossauro Rex, o aquário com tubarão lixa, peixes, raias e moréias, os dois simuladores (Nave Simuladora e Fúria da Natureza), o famoso Gerador de Van Der Graaf, que deixa os cabelos em pé, os pingüins-de-magalhães e muito mais.

Inaugurado no Dia das Crianças do ano passado, o Jardim Sensorial também é outra atração. O espaço, de 150 metros quadrados, possibilita uma viagem pelos cinco sentidos do corpo humano por meio do contato com a natureza.

Planetário

Nos finais de semana, as principais novidades ficam por conta do Planetário, que coloca na programação o primeiro filme com audiodescrição do Planetário de Santo André. A sessão “O aniversário do Pingo” conta a história de uma criança que ganha um presente especial do seu avô astrônomo no aniversário: um par de partículas subatômicas bem espertas que tem a missão de explicar tudo sobre o Universo e as estrelas. A sessão ocorre aos sábados, às 11h. Quem opta por assistir o filme com audiodescrição recebe fones de ouvido na entrada.

No dia 7 de janeiro, primeiro domingo do ano, o Planetário estreia uma nova sessão infantil chamada MAX. Esse é o nome de um simpático projetor planetário com muitas curiosidades para contar. Enquanto conversa com o público contando a história de sua família, vai mostrando para os pequeninos quais as diferenças entre eles, entre um Planetário e um Observatório e alguns dos astros que podem ser observados na natureza. Esta sessão pode ser assistida todos os domingos, às 11h.

Às 15h, as sessões são voltadas, principalmente, para o público infantojuvenil e adulto. No sábado é possível conferir a sessão Origens da Vida e no domingo, “O surgimento da Era Espacial”.

Entrada e horários

A Sabina fica na rua Juquiá, altura no número 135, na Vila Eldízia, e funciona de terça a sexta-feira, das 9h às 17h e sá-bados, domingos e feriados, das 9h30 às 17h30.

A entrada é gratuita para alunos e professores das escolas municipais de Santo André, para crianças menores de 5 anos e pessoas com deficiência. Os demais visitantes pagam R$ 20, com meia-entrada para estudantes, professores, servidores públicos andreenses, aposentados e idosos acima de 65 anos. Interessados em assistir a uma das sessões do Planetário e Cinedome de Santo André – Johannes Kepler pagam R$ 30, a inteira, com direito a passeio por toda a Sa-bina. Informações: 4422-2000.

Deixe seu comentário

Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Imprensa ABC. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos usuários e a conta do Facebook do autor poderá ser banida.