Querendo se dar bem

E o ex-candidato derrotado a prefeito de São Caetano nas últimas eleições, Fabio Palacio, ao que tudo indica quer se dar bem como diretor do Consórcio Intermunicipal do ABC. Dizendo ser candidato a deputado nas próximas eleições, parece que o moçoilo pretende usar como trampolim a entidade de prefeitos da região. Foi isso o que ele deixou vazar durante a inauguração do escritório regional em Brasília semana passada. Parece que o tiro pode sair pela culatra, pois os prefeitos da região não tem intenção de apoiá-lo nessa empreitada e podem pedir a sua cabeça. Vai ter muito que explicar daqui pra frente, porque o dinheiro aplicado no Consórcio é de todas as prefeituras da região e não do bolso do futuro candidato.

Acreditam ser normal…

Tentar e usar a estrutura da máquina pública para se auto promover parece praxe para alguns candidatos derrotados em eleições passadas. Mas parece que agora não mais vai acontecer principalmente na região, onde os atuais governantes estão mais espertos com a infiltração de candidatos que querem tirar proveito de cargos de inserção regional para lançarem suas candidaturas. Por isso, que em São Caetano, tem candidato derrotado que quer a todo custo fazer parte da administração, mesmo quando esteve do lado aposto nas eleições passadas. Só por aí dá para perceber e até desconfiar do real interesse de participarem da administração, no papel de comando, nada menos que isso, se não, não vale a pena…

180 dias de governo

Na última sexta-feira, o prefeito José Auricchio de São Caetano, reuniu no plenário do teatro Paulo Machado de Carvalho no bairro Santa Maria, parte de seus principais colaboradores diretos da administração para explanar sobre os avanços que obtiveram nos primeiros 180 dias de sua administração. Depois de vários problemas financeiros, e uma vasta relação de devedores, deixadas pelo ex-prefeito, o atual prefeito só tem a comemorar pelos 180 dias. Afinal, se fez mais do que o ex-prefeito em 4 anos de administração, onde sequer conseguiu erguer uma obra na cidade (de relevância), mas, deixou inúmeros buracos abertos nas contas públicas e muitas obras a pagar e terminar. Agora, o pior já passou comemorou o prefeito na sexta-feira (30) com seus funcionários.

Moradores de SBC reclamam…

A periferia da cidade de São Bernardo não anda nem um pouco contente com a administração do prefeito Orlando Morando, quando se trata de zeladoria. O serviço piorou nos últimos meses e vive um total retrocesso, garante os moradores que agora convivem com a constante falta de serviços que antes eram prioridades como a coleta seletiva de lixo e vários obras nos corredores de ônibus urbano que estão paralisadas. De acordo com os moradores, só não pararam as maquiagens que a prefeitura está fazendo com pinturas de faixas. O resto é o resto, reclama a população. Muitos creditam o abandono por causa da administração ser do PSDB.

De malas prontas?…

Quem sabe, mas a especulação é grande da ida do presidente do Legislativo de Mauá, Ademir Jacomussi se transferir para o PEN – Partido Ecológico Nacional, para ter mais chances na eleição para a Assembleia Legislativa no ano que vem, convite já tem para mudar de partido. Os boatos correm soltos, visto que Jacó como é conhecido, quer ocupar a vaga deixada pelo prefeito e seu filho, Átila Jacomussi para assumir a prefeitura. Na época, Átila foi eleito com mais de 60 mil votos pelo PC do B, e hoje está no PSB do vice governador de São Paulo, partido que também quer a idade de Jacó para suas fileiras e monitora seus passos. A situação de Jacó deve ser resolvida muito em breve, visto a proximidade do final do período da transferência de partidos, e o presidente já decidiu que quer ser o candidato do Paço, e perder esta oportunidade não está em seus planos.

Querem estragar os planos do PR

De olho na eleição que elegerá novos deputados estaduais e federais em São Paulo, o staff do deputado federal Jair Bolsonaro que é pré-candidato a presidente (se não derrubarem ele antes disso), monitora os candidatos da região para não deixar avançar a candidatura do Lula na região. Quem sai prejudicado com isso, é o candidato do PR – Fabio Palacio diretor do Consórcio Intermunicipal que já conta ser o novo deputado da região com o apoio do prefeito de São Bernardo – Orlando Morando. Se prevalecer o que está por acontecer, Palacio não pode contar muito com este apoio não, visto que em nível nacional e estadual seu partido pode apoiar o candidato a presidente Bolsonaro. Daí, como fica a dobradinha com a ajuda do PSDB e PMDB de São Caetano? – Morando vai ajudar a eleger rivais em vez dos representantes de seu partido? – Esta eleição vai ficar na história para alguns candidatos.

De novo, candidato?

Isso mesmo, o candidato derrotado nas últimas eleições e nas anteriores também quando disputou a vaga para a Assembleia Legislativa e desistiu por causa de muito incentivo por parte do prefeito Paulo Pinheiro e seus amigos, quer voltar a se candidatar novamente. Isso mesmo, quer ser de novo candidato, mas agora parece que vai ser difícil conseguir os famosos patrocinadores com alguns milhares de reais para sustentar sua candidatura como das outras vezes. Nem apoio do único vereador de seu partido, o PEN de São Caetano, não deve ter por causa do mal estar que causou nas reuniões do partido. O leilão deve começar em breve, visto que o suposto candidato já se movimenta e tenta se infiltrar em rodas políticas depois de quase um ano longe dos holofotes. Na investida que deu ao se auto leiloar na eleição de 2016, o candidato se deu mal, e seu favorito perdeu a eleição, e ele os cargos que pleiteava. Agora a história é outra, não é candidato?…

Bolsonaro está na mira no Grande ABC

Na semana passada, diversos vereadores da região foram para Brasília prestigiar a inauguração da Casa do Grande ABC na Capital Federal. Alguns parlamentares com aspirações políticas na eleição de 2018 circularam pelo Congresso Nacional à procura de panoramas para o pleito do ano que vem. Muitos voltaram à região com a informação de que os principais caciques da política do País consideram fortemente a possibilidade de o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) ir para o segundo turno da eleição presidencial, com discurso da ultradireita. No pensamento pragmático, seria bom aliar-se a um presidenciável de destaque no pleito, uma vez que haveria maior tempo de exposição na televisão e jornais.

Concurso público na Câmara

O Legislativo sancaetanense se prepara para abrir processo seletivo para preencher 17 vagas de funcionários que saíram e se aposentaram dos quadros da Câmara. Segundo o vereador e presidente do Legislativo, professor Pio Mielo, o concurso se faz necessário para preenchimento de vagas na áreas técnicas, (procuradoria, tecnologia, comunicação e controle de contas). O concurso está previsto para ter início com as votações em plenário após o recesso, no mês de agosto, e as inscrições em setembro e no mês de outubro fazer o processo e entre novembro e dezembro começar a contratar todos os que passaram.

Samuel Oliveira é Jornalista e conta o que de melhor (ou pior) acontece nos bastidores da política da região do ABC.

Deixe seu comentário

Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Imprensa ABC. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos usuários e a conta do Facebook do autor poderá ser banida.