Convenção do PSDB – São Caetano

Acontece neste domingo (8), no plenário da Câmara Municipal a partir das 09:30 horas da manhã a Convenção Partidária do PSDB de São Caetano.
Na convenção serão escolhidos os novos nomes do diretório municipal do partido, e que tudo indica a direção ficará a cargo do atual prefeito José Auricchio Júnior, ocupando o lugar de Beto Vidoski, secretário de esportes e vice-prefeito do município. Todos os filiados estão convidados para participar desta festa da cidadania.

Seria verdade?

Mais uma vez vem a tona os boatos de que o vice-prefeito Beto Vidoski vai deixar o PSDB e possivelmente a secretaria de Esportes e Juventude que ele comanda desde a posse de José Auricchio Júnior.
Comentários dão conta que ele está fora da secretaria e do partido que ajudou a formar. Parece que tem muita gente apostando na sua saída do partido, bem como há especulações também de como anda as relações com o prefeito que deve assumir o comando do partido nos próximos dias.
Os comentários verdadeiros ou não existem desde a posse, e todos são desmentidos categoricamente… é muita gente apostando contra a dobradinha.

Plenário lotado

A sessão da Câmara de São Caetano da última terça-feira estava com o plenário lotado por conta que artistas de rua foram ao local protestar e tentar barrar projeto de lei do vereador Olyntho Voltarelli proibindo que eles façam suas apresentações em semáforos da cidade. De acordo com o projeto, a lei não proíbe eles de trabalharem, e sim, de que eles exerçam suas habilidades em semáforos o que não é permitido por lei. Os artistas podem se apresentar em praças e calçadas públicas e não na faixa de pedestre em frente a veículos parados.

Falando em política

Está nas finalizações no Congresso Nacional as novas regras para as eleições de 2018 / 2020. Uma delas é a não mais permissão para os partidos políticos se alinharem (se coligarem) e assim elegerem seus amigos mais próximos que não tiveram votos suficientes para conseguirem uma cadeira nas Assembleias Legislativas dos estados e nem na Câmara Federal. Os partidos nanicos e eleitos com o mínimo de votos, não mais assumirão. Agora a lei é: quem tiver votos está eleito, quem não tiver está fora. Se essa regra já valesse na última eleição, em São Caetano e no Grande ABC, muitos candidatos não teriam cadeira cativa por quatro anos nos legislativos…

Formada executiva do PSD de São Caetano

Na noite do último dia 05 na sede estadual do PSD em São Paulo, foi formalizada a comissão executiva municipal de São Caetano do partido. Foram empossados os novos membros da direção provisória, tendo como presidente o eng. Iliomar Darronqui – Secretário da Sesurb, Luiz Galarraga como vice-presidente e Michel Santos com secretário geral. A reunião do PSD também contou com a presença do ex-prefeito Giberto Kassab, presidente nacional do partido.

Pagará multa quem praticar assédio sexual!

Uma nova lei foi criada e está sendo implantada no município de São Bernardo pelo prefeito Orlando Morando e aprovada pelo legislativo. Esta lei pune quem praticar assédio ou abuso sexual em locais públicos e/ou dentro de coletivos do município contra mulheres, punindo o infrator que for pego em flagrante em R$ 6.548,76, que além de ser preso vai responder na Justiça pelo crime. O valor da multa será dobrado em caso de reincidência. O dinheiro arrecadado será convertido em campanhas de conscientização para combater esse ato lamentável.

PP tem novo comando em SCS

Com dezenas de pessoas participando da convenção do PP – Partido Progressista, foram eleitos por aclamação o empresário Severino Otávio de Lima (Bill da Construtora) como vice, Valderi Pinto Souza (Meia do Açougue), Dorgival da Silva (Dorge da Farmácia), o vereador Chico Bento como líder da bancada e Jayme Tortorello, como membro do novo diretório municipal. Após a confirmação da chapa pelos presentes, o vereador Jander Lira reafirmou que a bancada do partido PP continuará na sua postura de oposição independente, votando no que for bom para a cidade, mas criticando, alterando ou votando contra os projetos que, no entender da bancada, são contra os interesses da população.
Em seu discurso como presidente do partido o vereador Jander Lira citou: “Nossa postura é de independência, mas estamos trazendo para o município verbas para a Infraestrutura e Saúde”, completa o vereador, que conseguiu as verbas através de uma emenda parlamentar do presidente estadual, Deputado Federal Guilherme Mussi, de R$ 300.000,00 para recapeamento de ruas e de 3 ambulância para a equipe do SAMU da cidade.

Descontentes com o presidente!

Parece que o presidente do Legislativo mauaense Admir Jacomussi, não está tendo o apoio que gostaria para a sua candidatura a deputado estadual nas próximas eleições. Ala contra a administração na Câmara quer lançar um candidato também a deputado para disputar os votos com o presidente que parece não anda cumprindo alguns acordos no plenário e só quem tem vez tanto na casa e no executivo são uns poucos vereadores que sequer conseguem apoiar e aprovar os projetos de relevância do governo se não com a ajudo de parte dos revoltosos. Isso aliado aos apoiadores que não tem respaldo dos gabinetes do Átila e Admir. – podendo melar a candidatura do presidente do legislativo. Vamos aguardar os acontecimentos para ver se as posturas políticas sejam alteradas.

Samuel Oliveira é Jornalista e conta o que de melhor (ou pior) acontece nos bastidores da política da região do ABC.

Deixe seu comentário

Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Imprensa ABC. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos usuários e a conta do Facebook do autor poderá ser banida.