Como fazer para deixar um pet em um hotel ou creche?

Com a rotina corrida, muitos tutores têm optado por deixar seus peludos passarem o dia na creche para gastar energia e não passarem longos períodos sozinho. 

Essa prática é muito bem-vinda e indicada, porém, alguns cuidados são necessários para tornar essa experiência ainda melhor para seu bichinho. 

O mesmo vale para deixar o pet em um hotelzinho quando há uma viagem, alguns cuidados são essenciais para que tudo ocorra bem. 

Primeiro, busque um hotel e/ou creche que tenha referências! Converse com tutores que deixam ou que já deixaram seus peludos no local.

Além das referências, não deixe de visitar o recinto pessoalmente.

Nessa visita fique atento à inteiração entre os profissionais e os cães, pois é importante sentir confiança naqueles que cuidarão do seu melhor amigo.

Observe a estrutura do local e se questione: é seguro? Tem áreas cobertas para dias chuvosos? O ambiente está limpo? Todos os detalhes fazem a diferença para garantir ao peludo dias prazerosos.

Fique atento se o local pede a carteirinha de vacinação do seu peludo e questione se fazem isso com todos os clientes. Isso é importantíssimo, pois é a garantia de que seu filho de quatro patas estará em companhia de outros animais também saudáveis.

Cheque se há veterinários de plantão que poderão atender os cães em casos de emergência e tenha a certeza de que o pet não ficará preso durante sua estadia. O ideal é que o cão fique a maior parte do tempo interagindo com os amigos da espécie e se divertindo.

Independentemente se o cão ficará alguns dias ou apenas algumas horas, é fundamental realizar com ele períodos de adaptação.

Leve o cão ao local por algumas horas e observe como ele interage neste ambiente.

Se o hotel ou a creche tiver câmeras, melhor ainda, pois assim você poderá observar remotamente seu amigo.

Se o cão for passar algumas noites no hotel tente levá-lo para fazer uma experiência em um fim de semana antes da viagem, assim, ele já vai se acostumando. 

No caso de viagem, momento em que o pet ficará mais tempo sem seu tutor, não se esqueça de levar coisas que lembrem a casa dele, como caminha, brinquedos, cobertinhas e até peças de roupas suas. Com isso, o animal tende a ficar mais tranquilo.

Seguindo essas orientações a tendência é que seu peludo passe dias agradáveis e divertidos!

Por Amanda Ornelas, adestradora e franqueada da Cão Cidadão

Deixe seu comentário

Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Imprensa ABC. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos usuários e a conta do Facebook do autor poderá ser banida.