No futebol show do União Inter Amigos pintou uma homérica goleada da equipe azul e branca frente a sua rival vermelha e branca

Observado um minuto de silêncio pelo passamento do árbitro Sr. Maia, com corrente de orações pelos atletas do clube

O futebol amador de São Caetano do Sul perdeu mais dois amigos que muito fizeram pelo esporte, Alberto do Carmo Araujo “Giba” e o considerado árbitro Sr. Maia. Lacunas que deixam muitas saudades pelo que representaram em vida, louvados os que choram sem testemunhas, pois neles em verdade as lágrimas são sinceras, em nome de todos os esportistas de nossa cidade às famílias enlutadas nossos sentimentos.

A equipe azul e branca formou com: João Carlos, Nardinho, Ricardo Tadeu, Tom, Marcão, Luis Carlos, Naldo, Pulga, Alexandre, Nena. Já os vencidos foram de Hélinho, Sergio, Augusto, Jair, Adriano Kalunga, Edivan que fez seu primeiro jogo pelo UIA, Joaquim, Tchotcha, Alexandre I, Canhotinho.

Naldo 3, Alexandre 2, Nena 1, Pulga 1, os goleadores dos vencedores, Alexandre 2 e o estreante Edivan descontaram para a equipe vermelha e branca.

O alvi negro F.M.F. FC e suas performances no amadorismo sulsancaetanense mostra a todos seus simpatizantes uma memorável campanha, Cantinho do Zezé Memórias, faz as honras, parabeniza o trabalho incansável do Presidente “Zé Baianinho” e coloca nas páginas do Jornal Imprensa ABC. Se liguem

A primeira aparição da equipe deu-se no dia 05 de Setembro de 1993 no Estádio Distrital Arthur Garbellotto na estreia dos fardamentos frente ao poderoso conjunto dos veteranos do CRE Fundação na derrota de oito tentos a um. Naquela oportunidade jogaram: Giba, Elcio (João Gomes), Norão, Luquinhas, Mussum, Bastos (Helder), Zelão, Melão, Jorginho (Abel), Wagner, Dedé. Parafraseando aquela música entoada pelo saudoso Noite Ilustrada serviu de alento para essa campanha, 100 vitórias, 57 empates, 64 derrotas, 435 gols marcados, 324 gols sofridos para um saldo positivo de 111 gols.

Em 20 de Novembro de 2015 a equipe fraldinha da FMF FC com esses garotos Bruno, Caio, Gustavo, Guilherme, Antony, Murillo, João Vitor, Thiago, Ruan, Enzo, Mauricio, Erick, Cadu, Marcos Vinicius, Davi, Felipe, Caio Henrique, Renan, Gustavo sagrou-se campeã para gaudio do técnico Agnaldo Aux. Técnico Capá, que inclusive é o maior goleador da história alvi negra, Massagista Jorge Japonês e Rodrigo. O Preparador Físico o carismático Botão, sobejamente conhecido ao lado do ícone esportivo Sr. José Davilson da Cruz Presidente da FMF FC, Enzo e Mauricinho, os artífices da conquista com dois gols. Já pelo futsal. Na decisão do sub 40 com gols de Mané 2, Preto e Vandão pintou o campeão na quadra do CER Gisela. Eis os campeões Vandão, Preto, Pelé, Rubela, Mané, Chiquinho em 12 de Julho de 2009. Para os meios jornalísticos de Sanca eis a maior goleada 9×2 frente a ADC Adria com gols de Dô 3, Wagner 2, Zelão 2, Pulga 2 em 27/02/1994. Falamos do alvi negro querido do Bairro São José.

Vocês sabiam que numa atitude muito simpática da S.E.R.U. Jabaquara do Bairro Prosperidade “O leão da Vila” surgia a célula mater da A.D. São Caetano nosso Azulão, fundado em 04 de Dezembro de 1989, filiado a Federação Paulista de Futebol em 15 de Dezembro de 1989 que maravilhou o mundo futebolístico com performances espetaculares que lhe valeram ficar na posição de décimo clube do mundo

Hoje com muito carinho no tributo do contexto esportivo de São Caetano do Sul, fazemos nossa homenagem ao Lão da Vila Prosperidade e a todos os esportistas que curtem semanalmente as notas esportivas no Jornal Imprensa ABC conforme o prometido ao considerado Tuca e a toda galera leonina. Os oito títulos dos Campeonato Municipal da Liga Sulsancaetanense de Futebol obtidos nos seguintes anos: 1979, 1985, 1989, 1990, 1999, 2002, 2007, 2015 no ranking o Jabuca ocupa a segunda colocação nas conquista. Nota da redação Cantinho d Zezé, 63 anos de tradição em São Caetano do Sul está a disposição sempre no afã de mostrar as grandes campanhas de nossos co-irmãos.
José Pires Maia “Zezé”

Jovem também tem saudades no Cantinho do Zezé Memórias, uma emoção maior no Ginásio Poliesportivo Professor Milton Feijão, no Complexo Esportivo Lauro Gomes e Almeida em homenagem aos grandes astros do Voleibol Brasileiro são destaque no nosso noticiário esportivo nas asas da emoção

Cantinho do Zezé Memórias, 63 anos falando das coisas do esporte, em todas as modalidades esportivas chega a soma de 1.228 locuções esportivas. Com muito apreço, agradecemos a todas provas de carinho que recebemos a todos que prestigiam com suas presenças, pois em realidade vocês são a razão direta do sucesso que partilhamos. Muitas e inúmeras lições de vida são aprendidas nos mais variados ginásios de São Caetano do Sul, hoje faz parte do noticiário uma simples homenagem ao líbero Serginho e seus companheiros de Seleção Brasileira quando no superlotado Ginásio Poliesportivo Prof. Milton Feijão, eles com grande amor ao Vôlei Brasileiro deram um verdadeiro show de dignidade em pról das conquistas pelo Brasil. Curta com sua identificação um dos maiores exemplos esportivos da Seleção Brasileira, que digna de passagem para todos nós sulsancaetanenses deixou registrada uma lição de vida pelo profissionalismo às coisas do voleibol. O adágio fica em nossos corações, em realidade. Mais importante que o aplauso dos outros, são aqueles que humildemente são capazes de aplaudirem-se a si próprios com a sensação de seus deveres cumpridos. Uma geração que jamais será esquecida pelo que representou ao Brasil. Essa foi a maneira que achamos para saudar esses verdadeiros heróis de nosso vôlei masculino.

Homenagem de todos os torcedores sulsancaetanenses num grande momento vivido com emoção indescritível.

José Pires Maia "Zezé" é o articulista desta coluna que traz o melhor do futebol nostalgia, contando histórias dos mais diversos clubes que abrangem a região.

Deixe seu comentário

Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Imprensa ABC. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos usuários e a conta do Facebook do autor poderá ser banida.