Hoje no Cantinho do Zezé e Jornal Imprensa ABC ilustra carinhosamente vinte figurantes do tradicional Jogo da Amizade

Que durante anos marcava a presença de atletas que figuraram pelas equipes amadoras de São Caetano do Sul, diga-se de passagem muito badalados nos finais de temporada

Emoldurando o contexto esportivo figuram da esquerda para a direita os atletas, que com muito amor e dedicação, passaram pelos clubes do Bairro São José: o professor Luis Carlos Z. Maia, Arizinho que inclusive brilhou nos States pelo At. Latino, Severino o primeiro mascote, Paulinho, Tio Bastos, Pedrão da Fitt Car ex-atleta do União Inter Amigos, Paulão, Chavéco, Fernando, Rubinho, Toninho Momesso que atuou pelo União em 261 oportunidades. Agachados, o articulista local fica devendo dois nomes, Casquinha, Zelão, Urbano, Barbosa, Luiz Carlos, Mané Boiadeiro e o campeão em performances pelos clubes do Bairro S. José, o glorioso José Francisco de Oliveira “Zelão”.

Na foto o cenário é o Estádio Distrital José Tortorello “Águias de Nova Gerty” que na década de noventa recebeu em partida amistosa as equipes da AD São Caetano x Esporte Clube Bahia naquela oportunidade os capitães foram Sergio Bernardino “Chulapa” cantado em verso e prosa pelo pai da matéria o Osmar Santos, Chulapa que anotou no São Paulo Futebol Clube 242 tentos, Paulo Rodrigues notável volante do Esporte Clube Bahia, fundado em 1931.

No futebol show do União Inter Amigos, ganhando muita projeção na modalidade foram marcados vinte gols entre as equipes Vermelha/Azul e Vermelha/Branca, com carinho a Jovem Mayla filha de Helio da Silva Salgado e Dona Aparecida, que completou mais um aniversário, tudo em nome da emoção e dedicação

A equipe azul e vermelha adentrou a quadra sintética assim formada: Helio, Marquinho, Tito Leonardo, Alexandre, Edivan, Luis Carlos. Já a equipe vermelha e branca valorizou o triunfo com Marcão dessa vez defendendo a meta, Jair, Nardinho, Gallo, Nena, Ratinho. O rosário de gols conforme informação do articulista local, Tito Leonardo 4, Luis Carlos 3, Alexandre 2 mais os gols anotados contra de Gallo, Marcão, Nena. Nena 3, Ratinho 2, Gallo, Nardinho e Jair.

O destaque ficou para o incansável Nena, que completou novecentas partidas pelo União Inter Amigos, ele que vibrou com os 350 gols de Neymar Jr., dos quais 138 gols pelo seu clube de coração o glorioso Santos FC da lendária Vila Belmiro. Nota do Cantinho do Zezé: Edson Arantes do Nascimento o esportista do século figura como o maior artilheiro do clube com 1.091 tentos: Dorval, Mengalvio, Coutinho, Pelé, Pepe, um quinteto fantástico, que maravilhou as platéias pelo mundo inteiro.

Para completar o noticiário do futebol society, atendendo os considerados leitores do Jornal Imprensa ABC, já são 5.886 armazenados nos computadores da simpática equipe do Bairro São José. Dados fornecidos pelo Cantinho do Zezé agradecendo sempre a cortesia no contexto amador de nossa cidade.

“Painel ilustrativo” do Alvarinho’s Bar nesse mês de fevereiro insere os maiores artilheiros da equipe, mostrando a grandiosidade do futebol brasileiro, visitado pelo amigo da Agremiação Mariano de Vila Alpina, respeitando a vontade do considerado Darci, a homenagem dos dois clubes São José Futebol Clube em 1970 e veteranos dos Marianos

“Cantinho do Zezé na informação” ao pedido de Darcy que atuou ao lado dos irmãos Maia, Zezé, Alvarinho, Jair no aniversário de dezesseis anos no Estádio Fernandinho Simonsen número dois frente ao Arco Verde E.C. (01/03/1970) expressinho vitória de 3×0 gols de Edson, Jair, Gelson.

Formou a equipe com: Toninho, Castelinho, Ari Pedro, Mané, Darcy, Claudio Guarizzo, Zezé, Zé Carlos, Alvarinho, Tuin, Jair na segunda etapa a inclusão de Oscar, Gelson, Galvão, Edson. Destaque para o segundo gol marcado por Jair que após driblar dois adversários na saída do guapo enviou a “deusa branca” no fundo das redes numa jogada de alto quilate.

Identificando para o amigo Darcy a formação da A.D. Marianos 1954. Na foto em pé Sr. Amadeo Presidente, Romeiro, José Daniel, Agenor, Bastião, Osvaldo, Pedrinho. Agachados o massagista da equipe Toni, Toninho, Darcy, Haroldo, Aldo figura ainda na foto exposta um diretor do clube que não conseguimos identificar. “Como sempre enfatizamos a notícia de hoje é a história do amanhã” essa a maneira de saudar e valorizar as duas equipes que fizeram história no amadorismo com dedicação.

José Pires Maia 1954/2018 a caminho dos 64 anos falando das coisas do futebol.

Destaques do A.D. São Caetano, amostragem dos dez principais goleadores do Azulão desde 18 de março de 1990, o primeiro gol marcado por Marcos Eduardo Taloni frente ao Comercial de Registro no empate de 1×1

Torcedores do Azulão, numa amostragem dos 1.375 jogos oficiais do clube “O Cantinho do Zezé” mostra a saga dos grandes astros no balançar das redes, quem são os artilheiros da história.

Adhemar Ferreira de Camargo Neto “o goleador máximo da camisa 18” com 68 gols, seguido pelo seguintes: Marcinho 45, Somália 40, Serginho Chulapa 38, Eduardo 35, Zinho 31, Claudecir 27, Anderson Lima 26, Erminio, Marcio Griggio, Fabricio Carvalho 25 gols cada um, Jô Fernandes, Cesar, Luan empatados com 24 gols cada um.

Os cinco atletas que mais vestiram a camisa da A.D. São Caetano numa amostragem dos 708 atletas que já passaram pelas fileiras do clube o goleiro Silvio Luis com 451 partidas sofreu 464 gols, tendo 1,02 como média de gols sofridos, Dininho com 323 partidas, Luiz Silva Filho que defende o Criciúma 319 partidas, Daniel com 235 partidas, Thiago Martinelli e o saudoso Serginho Capixaba com 232 partidas fecham os cinco principais da A.D. São Caetano.

Fonte de dados por José Pires Maia “Zezé”

José Pires Maia "Zezé" é o articulista desta coluna que traz o melhor do futebol nostalgia, contando histórias dos mais diversos clubes que abrangem a região.

Deixe seu comentário

Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Imprensa ABC. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos usuários e a conta do Facebook do autor poderá ser banida.