Associação Portuguesa de Desportos, a Lusa do Canindé é lembrada na sua excursão à Portugal, representando a colônia

Figura na homenagem do Cantinho do Zezé Nostalgia, homenagem aos torcedores lusos extensivo aos atletas que desfilaram com as cores vermelha e branca, Antonio de Padua Leite, nosso considerado é lembrado, ele que também foi destaque no nosso querido azulão

Ilustrando como destaque de nosso “Cantinho do Zezé” da página 7 homenagem aos torcedores da lusa. No replay de muita emoção, sempre é bom lembrar dos astros que representaram com muita dedicação a camisa lusa, já passados 97 anos de sua fundação 14 de Agosto de 1920, para a sua identificação a lusa representou com destaque o cenário brasileiro do futebol profissional no exterior tornando-se Bi Fita Azul, também lembramo-nos que a Portuguesa de Desportos revelou grandes asas do futebol e teve 9 atletas convocados para Seleção Paulista nos bons tempos do timaço: Muca, Nena, Noronha, Djalma Santos, Brandãozinho, Ceci, Julinho Botelho, Renato, Nininho, Pinga, Simão.

Figuram na foto para a posteridade o arqueiro Serginho, que atuou pelo AD, o craque Zenon, um respeitável camisa 10, dentre outros. Salve a Lusa do Canindé. Homenagem do colunista esportivo José Pires Maia “Zezé”.

O futebol show do União Inter Amigos, continua inovando em sua trajetória no Futebol Society, desta feita treze astros se fizeram presentes na quadra sintética do bairro Fundação na amostragem entre brasileiros e uruguaios. Ao final Uruguai 10 vx Brasil 08 estampado no placar. Garotinho trabalhou?

O Uruguai foi de João Gomes, Nardinho, Rafael (Marco Silva), Edvan, Mario tendo seus gols marcados por Edvan 4, Mario 3, Nardinho 2, João Gomes, com inusitado acontecimento, Rafael que fazia sua avant premiere, não aguentou o repuxo, para total alegria da galera foi substituído por Marco Silva. Deve ser dúvida para hoje, departamento médico trabalha arduamente com sua contusão. Coisas do hilariante futebol society. Já a equipe brasileira teve essa formação Pulga e Marcão se revezaram na meta verde amarela Tito Leonardo, Luis Carlos, Nena completaram o elenco Tito Leonardo 4, Luis Carlos 3 e Pulga 1, os autores dos gols. Nossa reportagem presente ao futebol society enfatizou o adágio Andorinha que acompanha morcego amanhece de cabeça prá baixo.

Já são 59 gols na temporada 2018. Nota da redação o prof. Luis Carlos lidera a artilharia da modalidade com 525 gols, êta baixinho arretado, balbuciava um torcedor isolado no alambrado do Bairro Fundação.

No chamado Cantinho do Zezé aconteceu virou notícia, para gaudio dos colegas que fazem parte do futebol show.

Os cinquenta e três recordistas do União Vila São José, a “força jovem” do esporte amador, para atender os pedidos dos simpatizantes da agremiação que fez duas séries invictas a saber, equipe principal 71 partidas e equipe aspirante 68 partidas invictas, a notícia de ontem faz o sucesso

Eis na íntegra os heróis que fizeram a grandiosidade do União Vila S. José: Jair e Zelão Oliveira 500 jogos cada, Reginaldo 374, Babá 333, Edmilson 321, Romualdo 320, Arizinho 316, Zitinho 307, Jorginho 275, Toninho Momesso 261, Israel 248, Elcio Ferreira 236, Rui Crespim 235, Pelézinho 224, Adriano 222, Luquinhas 220, Clovis Leal 200, Nelson Breve 200, Mussum 190, Saulo 184, Ariovaldo 179, Walter Roberto 178, Norão 178, Amarelo 166, Ari Pedro 158, Aureo 152, Chicão 151, Norival 147, Vagner Bastos 133, Roque Galati 133, Roberto Paletó 133, Paulinho 131, Zé Roberto 127, Molina 118, Carleto 117, Altevir Anhê 116, Tcházão 112, Sula 111, Tito Leonardo 111, Emanuel 110, Alan 109, Zezé 108, Eduzinho 103, China 103, Indio 102, Montanha 100, Pulguinha 100.

Lembrando que no contexto esportivo de São Caetano do Sul foram 9.957 jogos realizados pelo União Vila São José, legado de gols marcados 3.531 gols.

Fonte de dados por José Pires Maia, colunista esportivo para o Jornal Imprensa ABC, edição de número 392.

Segue em anexo uma das lições de vida deixadas pelo saudoso Alberto do Carmo Araujo “Giba”, da secção “Curtas e Quentes” do Jornal de São Caetano fundado em 1946

José Pires Maia "Zezé" é o articulista desta coluna que traz o melhor do futebol nostalgia, contando histórias dos mais diversos clubes que abrangem a região.

Deixe seu comentário

Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Imprensa ABC. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos usuários e a conta do Facebook do autor poderá ser banida.