PPD de São Caetano não atinge meta

O Programa de Parcelamento de Débitos da Prefeitura de São Caetano do Sul entra em seus últimos dias. A perspectiva é que não haja prorrogação nem reedição do refinanciamento. Até o momento, com cerca de 1.200 casos, já foram recuperados aproximadamente R$ 4,7 milhões, enquanto que a previsão era de arrecadar aproximadamente 10 milhões de reais.

Outra novidade é a possibilidade de fazer a simulação do parcelamento pela internet ou emitir o boleto para pagamentos à vista, nos casos de dívidas de empresas e imóveis. Basta acessar pelo site www.saocaetanodosul.sp.gov.br.

Quem tem dívidas com o município pode aderir ao PPD até 26 de agosto. São renegociados os débitos de ISS (Imposto Sobre Serviços), IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis) e ISS da construção civil, além de multas e taxas (exceto multas de trânsito).

O PPD oferece até 100% de desconto nos juros, multas moratórias e honorários advocatícios para quem fizer o pagamento à vista.

Desde o início do programa, no dia 26 de junho, 950 débitos já foram quitados nessas condições, resultando numa arrecadação de R$ 1.277.948,38.

Também foram realizados 282 parcelamentos, que proporcionam uma recuperação de R$ 3.511.186,12. Neste caso, o desconto dos juros, multas e honorários varia conforme a forma de pagamento: 80% de desconto para os pagamentos em até 6 parcelas; 60% para 18 parcelas; 40% para 36 parcelas e o pagamento em 48 parcelas, sem desconto.

Todo o atendimento presencial relacionado ao PPD é realizado no Atende Fácil (Rua Major Carlo Del Prete, 651, Centro).

Deixe seu comentário

Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Imprensa ABC. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos usuários e a conta do Facebook do autor poderá ser banida.