Escolas municipais de São Caetano ganham investimentos de 2 milhões

Mesmo tendo um orçamento restrito neste ano, prefeitura investe em reformas de escolas que estão sucateadas

A Prefeitura de São Caetano assinou diversas Ordens de Serviço para reforma emergencial de 14 escolas municipais, – dez unidades da Educação Infantil e quatro do Ensino Fundamental.

Para as obras emergenciais serão investidos em torno de R$ 2 milhões. “As escolas contempladas foram escolhidas por meio de um critério técnico, de necessidades. Mas temos o compromisso de que todas as unidades passarão por reforma completa já no próximo ano”, comentou a secretária de Educação Janice Paulino.

Unidades

As escolas a serem reformadas até o fim deste ano, serão: EMI Josefa da Cunha Leite, EMEF Profª Eda Mantoanelli, EMI Thereza Coan Fiorotti, EMEI Jacob João Lorenzini, EMI Fernando Pessoa, EMI Marily Chinaglia Bonaparte, EMEI Helena Musumeci, EMEI Francisco Falzarano e EMEI Pedro José Lorenzini. “Já vamos entregar nas próximas semanas a reforma na EMEI Pedro José Lorenzini, com obras nas partes hidráulica, alvenaria, elétrica e pintura”, emendou Iliomar Darronqui, secretário de Serviços Urbanos.

Com relação à parceria entre Seeduc e Seohab, são as seguintes unidades: EMEF Prof. Rosalvito Cobra, EMEF 28 de Julho, EMI Maria D’Agostini e EMEFM Arquiteto Oscar Niemeyer. “Nessas obras, faremos experiência piloto com a utilização de reuso de água, para limpeza e horta, e iluminação de LED. As peças de licitação estarão prontas até o final de agosto, em setembro damos a ordem de serviço e as escolas estarão prontas até o final do ano”, comprometeu-se o secretário Enio Moro.

Deixe seu comentário

Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Imprensa ABC. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos usuários e a conta do Facebook do autor poderá ser banida.