Operação Delegada registra 959 ocorrências em 6 meses

Durante o encontro do Comitê Integrado de Segurança, na Delegacia Seccional de Santo André e o prefeito Paulo Serra, foram divulgados os balanços das diversas ações de segurança realizadas no município até o mês de outubro. Somente a ‘Operação Delegada Municipal’ realizou 110 ações, com o registro de 959 ocorrências, em 53 áreas. A Operação Delegada coloca GCMs nas ruas em plantões de 12 horas escalonados em regime de hora extra, para atuarem em regiões previamente analisadas pelo Comitê Integrado de Segurança. O programa atua em pontos estratégicos com o apoio de duas bases móveis, um ônibus, oito motos e duas viaturas.

Outra iniciativa da atual administração na área de segurança é a Operação Sono Tranquilo, criada com o objetivo de coibir barulho e perturbação do sossego e também, para averiguar irregularidades, seja por conta de estacionamento em local proibido, comércio irregular, ou ainda a falta de alvará de funcionamento em estabelecimentos comerciais. Entre fevereiro e outubro, a Sono Tranquilo realizou 78 operações fixas e 34 itinerantes, resultando em 178 veículos com som alto autuados pela GCM.

Os investimentos em segurança são prioridade da atual administração. A Prefeitura vai comprar novas viaturas para a GCM, com o valor arrecadado no leilão de 148 carros oficias. Realizado no mês passado, o leilão arrecadou R$ 1,4 milhão e vendeu, além de veículos oficiais, ônibus, maquinário pesado e sucata, com a participação de cerca de 500 pessoas. Em setembro, a Guarda Civil Municipal recebeu também seis motos novas que estão sendo utilizadas nas ações da Operação Delegada Municipal e na Sono Tranquilo e que reforçaram a frota de 33 existentes que atuam na Romo.

Deixe seu comentário

Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Imprensa ABC. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos usuários e a conta do Facebook do autor poderá ser banida.