Força Total Metropolitana faz operação em Mauá

Mais de 100 policiais participaram da ação, que teve como destaque aumentar a segurança em pontos com maior número de ocorrências

A Força Total Metropolitana, operação que une Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Civil Municipal e agentes de trânsito em rondas extensivas para combater a criminalidade, esteve em operação no município de Mauá, e contou com mais de 100 policiais, e viaturas de radio-patrulhamento, Força Tática, ROCAM (Rondas Ostensiva com o apoio de Motocicletas), Romu (Ronda Ostensiva Municipal) e Cavalaria.

A Guarda Civil Municipal fez ampla ronda durante toda a madrugada da última quinta-feira, na operação “Ponto Seguro”, que colocou as viaturas para percorrer pontos de ônibus nos bairros da Vila Assis, Pq. São Vicente e Paranavaí, que são locais que registraram maior número de ocorrências de roubos e furtos no horário.

Já policiais da PM montaram bloqueios em bairros próximos à saída do Rodoanel, enquanto a Polícia Civil cobriu bairros do eixo Feital, Luzitano, onde houve maior número de reclamações. Durante a parte da manhã, três procurados foram encaminhados ao Departamento Policial e uma tentativa de roubo foi desarticulada.

As ações integram parte das ações do GGIM, o Gabinete de Gestão Integrada Mauá, que tem tornado a cidade mais segura. Dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado mostram queda nos números de roubos, furtos e de ocorrências com veículos na cidade.

Os índices têm apresentado melhora desde o início deste ano, quando a Prefeitura montou o grupo para ampliar as ações de segurança na cidade.

Segundo os índices, a queda média nas ocorrências foi de 15% em relação ao mesmo período de 2016. A maior diminuição foi no número de roubos, que baixaram de 377, em maio de 2016, para 314 em maio deste ano, número 16,71% menor. Os furtos de carros também caíram 15,58%, pulando de 154 em maio do ano passado para 130 no mesmo período deste ano.

A melhora é um reflexo do investimento da administração Um Novo Tempo na ampliação de patrulhamento, na criação do programa Bairro Seguro e do Pintou Limpeza, que transformam o ambiente físico e social da cidade, e da parceria entre GCM (Guarda Civil Municipal), Polícia Civil e Polícia Militar, que têm inibido ações de marginais na cidade.

Deixe seu comentário

Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Imprensa ABC. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos usuários e a conta do Facebook do autor poderá ser banida.