Infrações que aumentam o risco de acidente quando ao volante

Ano passado, mais de 29 mil pessoas foram multadas por uso de calçado inadequado para dirigir; celular também representa risco

Ter atenção na hora de conduzir é fundamental, mas apesar das campanhas de alerta, motoristas continuam a comer, ler, fumar, namorar, se maquiar, usar chinelo ou o celular enquanto dirige. Essas atitudes, segundo o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP), além de caracterizar infração de trânsito, colocam em risco a segurança na via.

O uso do chinelo, por exemplo, afeta a segurança dos motoristas e pode ocasionar acidentes por comprometer o uso dos pedais do veículo. O uso do aparelho de celular também é um risco: não é permitido utilizar o aparelho enquanto o veículo está em deslocamento, mesmo durante paradas temporárias, em semáforos ou pedágios, por exemplo. Com o carro em deslocamento, o celular pode ser utilizado somente na função GPS, fixado no para-brisa ou no painel dianteiro.

Motoristas multados

Em 2016, em todo o Estado, só o Detran.SP aplicou 32.553 multas por dirigir sem atenção e os cuidados indispensáveis à segurança, como comer, ler, namorar ou se maquiar enquanto dirige. Entre janeiro e abril de 2017, foram 10.202 multas desse tipo.

Já por dirigir com calçado que não se firme nos pés foram aplicadas 29.650 multas em 2016, e 9.939 no 1º quadrimestres deste ano. Mais de 107.321 multas foram aplicadas a motoristas do Estado por uso de celular ao volante no ano passado. Nos primeiros quatro meses de 2017, foram 29.654 multas por essa atitude.

Quadro infrações de trânsito

Deixe seu comentário

Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Imprensa ABC. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos usuários e a conta do Facebook do autor poderá ser banida.